Português (Brasil)

Rússia contrapõe EUA e defende apaziguamento de Israel para encerrar conflitos no Oriente Médio

Rússia contrapõe EUA e defende apaziguamento de Israel para encerrar conflitos no Oriente Médio

O posicionamento da Rússia contrasta com o discurso feito anteriormente pelos EUA, que pedia a responsabilização incisiva do Irã contra o ataque realizado contra Israel

Compartilhe este conteúdo:

Nebenzya disse que Irã e Israel devem recuar para evitar um banho de sangue - Foto:

Por Estadão Conteúdo

A Rússia defendeu neste domingo (14), o apaziguamento de Israel para que a escalada de conflitos no Oriente Médio comece a diminuir. O posicionamento foi dado durante reunião do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), convocada a pedido de Israel, e em que a Rússia, que possui assento permanente no Conselho, destacou que Teerã não busca uma escalada de conflitos.

O posicionamento da Rússia contrasta com o discurso feito anteriormente pelos Estados Unidos, que pedia a responsabilização incisiva do Irã contra o ataque realizado contra Israel.

O embaixador da Rússia na ONU, Vasily Nebenzya, disse que as duas partes, Irã e Israel, devem recuar para evitar um banho de sangue e defendeu que os Estados-membros se atentem a observar os conflitos para além dos países ocidentais.

O representante da Rússia no Conselho de Segurança da ONU também criticou Israel pelos ataques realizados ao consulado do Irã em Damasco, na Síria, cuja autoria os militares israelenses não reconheceram ou negaram, e também criticou a ofensiva no Líbano, realizada contra o Hezbollah.

"O que aconteceu ontem à noite não foi em um vácuo, mas sim pela falta de ação do Conselho de Segurança da ONU em reação ao ataque de Israel contra a Síria, que vem sendo bombardeada constantemente por Israel", afirmou Nebenya.

Compartilhe este conteúdo: